CALDO AZIDA DEXTROSE. FRASCO 500G

Referência: K25-610003


Não disponível

Enviar
Avise-me quando estiver disponível

APLICAÇÃO

O CALDO AZIDA DEXTROSE É UM CALDO SELETIVO UTILIZADO PARA IDENTIFICAÇÃO PRESUNTIVA E ENUMERAÇÃO DE  ESTREPTOCOCOS FECAIS EM ÁGUA E GÊNEROS ALIMENTÍCIOS. A SUA PRESENÇA É INDICADA PELA TURVAÇÃO DO CALDO E AVALIADA DE ACORDO COM O MÉTODO DO NÚMERO MAIS PROVÁVEL (NMP).

PREPARAÇÃO

SUSPENDER 34,7G (MEIO FORÇA ÚNICA) OU 69,4 G (MEIO FORÇA DUPLA) DE PÓ EM 1 LITRO DE ÁGUA DESTILADA OU DEIONIZADA. AQUECER ATÉ DISSOLVER COMPLETAMENTE. DISPENSAR EM RECIPIENTES FINAIS. ESTERILIZAR EM AUTOCLAVE A 121°C POR 15 MINUTOS.

ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS

COMPOSIÇÃO (G/L):

TRIPTOSE                15,0

EXTRATO DE BIFE        4,5

GLICOSE                7,5

CLORETO DE SÓDIO        7,5

AZIDA SÓDICA        0,2

PH FINAL (25°C)         7,2 ± 0,2

APARÊNCIA DO MEIO

DESIDRATADO: PÓ BEGE, FLUIDO E HOMOGÊNEO.

PREPARADO: MEIO ÂMBAR CLARO A MÉDIO, CLARO.

CONTROLE DE QUALIDADE

MICRORGANISMOS                                  ATCC                                  CRESCIMENTO

ESCHERICHIA COLI                                    25922                                  NENHUM

STREPTOCOCCUS FAECALIS                      19433                                  BOM

STREPTOCOCCUS FAECALIS                      29212                                 BOM

ARMAZENAMENTO

O PÓ É MUITO HIGROSCÓPICO. ARMAZENAR A 10-30°C, EM AMBIENTE SECO, NA EMBALAGEM ORIGINAL BEM FECHADA E UTILIZAR ANTES DA DATA DE VALIDADE INDICADA NA ETIQUETA OU ATÉ QUE SINAIS DE DETERIORAÇÃO OU CONTAMINAÇÃO SEJAM EVIDENTES. ARMAZENAR AS PLACAS PREPARADAS A 2-8°C.

DESCARTE

O DESCARTE DEVERÁ SER REALIZADO DE ACORDO COM AS NORMAS NACIONAIS E REGULAMENTAÇÕES LOCAIS EM VIGOR.

Deixe seu comentário e sua avaliação







- Máximo de 512 caracteres.

Clique para Avaliar


  • Avaliação:
Enviar
Faça seu login e comente.

Características