Product ID: 345
MEIO GC. FRASCO 500G.

MEIO GC. FRASCO 500G.

Referência: K25-610022


Não disponível

Enviar
Avise-me quando estiver disponível

APLICAÇÃO:

É SUPLEMENTADO COM SUPLEMENTOS SELETIVOS E DE ENRIQUECIMENTO É UTILIZADO PARA ISOLAR E CULTIVAR GONOCOCOS, MENINGOCOCOS E HAEMOPHILUS SPP.

PREPARAÇÃO:

- SUSPENDER 43.0G DO PÓ EM 1 LITRO DE ÁGUA DESTILADA OU DEIONIZADA. AQUECER ATÉ DISSOLVER COMPLETAMENTE.

- ESTERELIZAR EM AUTOCLAVE A 121°C POR 15 MINUTOS. RESFRIAR 45-50°C.

- ADICIONAR 5-10% DE SANGUE DE CAVALO DESFIBRINADO NO MEIO ASSEPTICAMENTE ESTERELIZADO E AQUECER EM BANHO MARIA CONTROLANDO A TEMPERATURA A 80°C POR 15 MINUTOS.

- RESFRIAR A 45-50°C E ADICIONAR 2 FRASCOS DE SUPLEMENTO DE CRESCIMENTO VITALEX (CÓDIGO K25-81023) RECONSTITUÍDO COM 5ML DE SOLUÇÃO  RESTAURADORA VITALEX. ALÉM DISSO, ADICIONAR 2 FRASCOS DE SUPLEMENTO V.C.N (CÓDIGO K25-81022) RECONSTITUÍDO COM 5ML DE ÁGUA DESTILADA, A FIM DE OBTER UM MEIO SELETIVO PARA NEISSERIA.

- PARA ANÁLISE DAS AMOSTRAS DE ORIGENS RETAL PODE-SE ADICIONAR O SUPLEMENTO V.C.N.T (CÓDIGO K25-81024) AO INVÉS DO SUPLEMENTO V.C.N, A FIM DE INIBIR O CRESCIMENTO EXCESSIVO DE PROTEUS SPP.

- ADICIONAR 2 FRASCOS DE SUPLEMENTO HAEMOPHILUS (CÓDIGO K25-81014), RECONSTITUÍDO COM 5ML DE ÁGUA DESTILADA A FIM DE OBTER UM MEIO SELETIVO PARA HAEMOPHILUS. PREPARAR O MEIO COMO INDICADO E EM SEGUIDA COLOCAR EM PLACAS DE PETRI.

ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS:

COMPOSIÇÃO DO MEIO GC (G/L):

PEPTONA PROTEOSE N°3 - 15.0

AMIDO DE MILHO - 1.0

FOSFATO DE POTÁSSIO DIBÁSICO - 4.0

FOSFATO DE POTÁSSIO MONOBÁSICO - 1.0

CLORETO DE SÓDIO - 5.0

AGAR - 17.0

COMPOSIÇÃO DO SUPLEMENTO V.C.N  MG/FRASCO):

VANCOMICINA - 1.5MG

SULFATO DE COLISTINA - 3.75MG

NISTATINA 6250 UL

*1 FRASCO PARA 500ML DO MEIO.

COMPOSIÇÃO SUPLEMENTO DE CRESCIMENTO VITALEX (MG/FRASCO):

VITAMINA B12 - 0.1MG

L-GLUTAMINA - 100.0MG

ADENINA SO4 - 10.0MG

GUANINA HCL - 0.3MG

ÁCIDO P-AMINOBENZÓICO - 0.13MG

COENZIMA 1 (NAD) - 2.5MG

COCARBOXILASE - 1.0MG

NITRATO FÉRRICO - 0.2MG

HIDROCLORETO DE TIAMINA - 0.03MG

HIDROCLORETO DE CISTEÍNA - 259.0MG

COMPOSIÇÃO DA SOLUÇÃO RESTAURADORA VITALEX (MG/FRASCO):

GLICOSE - 0.5MG

ÁGUA DESTILADA - 5.0ML 

*1 FRASCO PARA 500ML DO MEIO.

COMPOSIÇÃO DO SUPLEMENTO  HAEMOPHILUS (MG/FRASCO):

BACITRACINA - 150.0MG

VANCOMICINA - 5.0MG

CLINDAMICINA - 0.5MG

  *1 FRASCO PARA 500ML DO MEIO.

COMPOSIÇÃO DO SUPLEMENTO L.C.A.T  (MG/FRASCO):

LINCOMICINA - 0.5MG

SULFATO DE COLISTINA - 3.0MG

ANFOTERICINA B - 0.5MG

TRIMETOPRIM - 3.25MG

*1 FRASCO PARA 500ML DO MEIO.

COMPOSIÇÃO DO SUPLEMENTO V.C.A.T (MG/FRASCO):

VANCOMICINA - 1.0MG

SULFATO DE COLISTINA - 3.75MG

ANFOTERICINA B - 0.5MG

TRIMETOPRIM - 3.25MG

*1 FRASCO PARA 500ML DO MEIO.

PH FINAL 7.2 + 0.2 A 25°C

APARÊNCIA DO MEIO:

DESIDRATADO: PÓ BEGE, FLUÍDO E HOMOGÊNEO.

PREPARADO: PÓ MARROM-CHOCOLATE E OPACO.

CONTROLE DE QUALIDADE:

CONDIÇÕES DE INCUBAÇÃO: 36 ± 1°C POR 24-48 HORAS, 5-10% CO2, MEIO BASAL.

MICRORGANISMOS                         ATCC           CRESCIMENTO

NEISSERIA GONORRHOEAE            43069           BOM

HAEMOPHILUS INFLUENZAE       10211       BOM

CONDIÇÕES DE INCUBAÇÃO: 36 ± 1°C POR 24-48 HORAS, MEIO BASAL + SUPLEMENTO V.C.N., V.C.N.T., V.C.A.T. OU L.C.A.T.

MICRORGANISMOS                         ATCC           CRESCIMENTO

NEISSERIA GONORRHOEAE            43069          BOM

NEISSERIA MENINGITIDIS               10211        BOM

STAPHYLOCOCCUS AUREUS           25923         INIBIDO PARCIALMENTE

CONDIÇÕES DE INCUBAÇÃO: 36 ± 1°C POR 24-48 HORAS, 5-10% DE CO2, MEIO BASAL + SUPLEMENTO HAEMOPHILUS.

MICRORGANISMOS                         ATCC           CRESCIMENTO

ENTEROCOCCUS FAECALIS               43069          BOM

HAEMOPHILUS INFLUENZAE          10211         BOM

ARMAZENAMENTO:

O PÓ É MUITO HIGROSCÓPICO: ARMAZENAR ENTRE 10-30°C, EM UM AMBIENTE SECO, EM SUA EMBALAGEM ORIGINAL BEM FECHADA. UTILIZAR ANTES DA DATA DE VALIDADE INFORMADA NO RÓTULO OU ATÉ QUE OS SINAIS DE DETERIORAÇÃO OU CONTAMINAÇÃO SEJAM EVIDENTES. ARMAZENAR EM PLACAS PREPARADAS ENTRE 2-8°C.

DESCARTE:

NÃO DESCARTAR EM ESGOTOS OU LIXOS DOMÉSTICOS. O PRODUTO DEVE SER TRATADO CONFORME AS REGULAÇÕES OFICIAIS ADMINISTRATIVAS. SOLUÇÕES EM EXCESSO E NÃO RECICLÁVEIS DESTINAR PARA EMPRESA RESPONSÁVEL. AS EMBALAGENS CONTAMINADAS DEVEM SER ELIMINADAS COMO PRODUTO NÃO UTILIZADO.

Deixe seu comentário e sua avaliação







- Máximo de 512 caracteres.

Clique para Avaliar


  • Avaliação:
Enviar
Faça seu login e comente.

Características